Observatório de Política Fiscal atualiza as estatísticas históricas de investimento público: 1947-2019

Observatório de Política Fiscal atualiza as estatísticas históricas de investimento público: 1947-2019

03/04/2020

Depois de pequeno aumento ocorrido em 2018 em função do ciclo político, os investimentos públicos no Brasil voltaram a cair em 2019. O total investido pelos três níveis de governo e pelas empresas públicas federais atingiu 2,26% do PIB, o segundo menor valor da série histórica que ocorreu em 2017 quando o investimento público atingiu apenas 1,85% do PIB.

Os Estados e as empresas estatais federais respondem pela queda dos investimentos. Os investimentos dos Estados atingiram o menor valor da série histórica (0,4% do PIB). O baixo nível dos investimentos estaduais tem sido recorrente desde 2015 quando a crise teve início e, em particular para 2019, é importante considerar que em primeiro ano de mandato é comum contrair as despesas para fazer a arrumação da casa o que contribuiu para esse desempenho decepcionante. No caso das empresas estatais a queda de investimento foi ainda mais expressiva, atingindo 2,26% do PIB em 2019 contra 2,70% do PIB em 2018.

As perspectivas para o investimento público em 2020 não são melhores. Os governos justificadamente empenharão mais recursos no combate à crise com transferências de renda e saúde pública. A Petrobrás, que é a empresa federal com maior nível de investimento, não tem razão para acelerar seus investimentos em um cenário adverso no mercado de petróleo e deve continuar a agenda de desestatização. Assim, os investimentos públicos devem ficar ainda mais baixos por algum tempo.

Veja a série histórica aqui.

Investimentos público (% do PIB)
 

* Inclui os três níveis de governo e as empresas estatais federais.


As opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade exclusiva do autor, não refletindo necessariamente a opinião institucional da FGV. 

 

 

Deixar Comentário

Veja também