Carga Tributária no Brasil: 1990-2018

Carga Tributária no Brasil: 1990-2018

13/07/2020

A RFB divulgou os dados da carga tributária federal em 2018 sendo possível a compilação dos dados do Observatório de Política Fiscal iniciada em 1990. Clique aqui para ter acesso à série histórica.

Desde 2004, a carga tributária bruta tem oscilado em torno de 32-34% do PIB e seu ápice foi atingido em 2007 quando totalizou 33,64%. Os dados mostram que a carga tributária bruta voltou a crescer atingindo 33,29% do PIB. Esse é o quarto ano seguido de elevação da carga tributária depois de ter atingido o valor mais baixo da década em 2014 tendo alcançado 31,84% do PIB, o valor mais baixo desde 2004.

O item de arrecadação que puxou a carga tributária para cima em 2018 foi o imposto de renda, que após arrecadado é distribuído entre os demais entes da Federação o que sugere que a carga se elevou de forma bem distribuída entre os vários níveis de governo.

A carga tributária encontrava-se em recuperação depois da crise de 2015-16, criando algum alívio fiscal. A pandemia vai mudar isso no curto prazo e os dilemas fiscais vão se tornar bastante agudos, muito provavelmente, de forma nunca antes vista pela República. Esses dados estão disponíveis para ajudar nesse debate.


Agradeço às correções sugeridas por Vilma Pinto.

Versão atualizada em 21/07/2020

Deixar Comentário

Veja também